O MANEJO SUSTENTÁVEL DOS REMANESCENTES DA FLORESTA OMBRÓFILA MISTA COMO ALTERNATIVA PARA O DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL SUSTENTÁVEL: UM ESTUDO PROSPECTIVO NO PLANALTO NORTE CATARINENSE

Alexandre Assis Tomporoski, Valdir Roque Dallabrida, Jairo Marchesan

Resumo


O objetivo deste artigo consiste em apresentar uma proposta de matriz produtiva alternativa, fundamentada no manejo florestal sustentável de remanescentes da Floresta Ombrófila Mista (FOM), aplicável aos municípios que integram a região do Planalto Norte Catarinense, onde atualmente predominam atividades econômicas voltadas à monocultura silvícola, principalmente da espécie pinus elliotti, além da fumicultura, cultivo de cereais (soja e milho), suinocultura e pecuária leiteira. Examina-se, inicialmente, o processo de configuração da atual matriz produtiva, que remonta à formação histórica da região em análise, desde o Caminho das Tropas, no século XVIII, perpassando pelo fenômeno do Coronelismo, até o advento do capital estrangeiro, no início do século XX, e sua influência para a deflagração da Guerra do Contestado (1912-1916). Focalizando nas perspectivas teóricas de abordagem territorial do desenvolvimento, território e territorialidade, sistemas territoriais complexos e inteligentes, e, tendo por base pesquisas realizadas nos últimos anos, entre seus resultados, o artigo descreve quatro subsetores com potencial para agregar atividades produtivas decorrentes do manejo florestal sustentável da FOM. Dentre as principais conclusões, ressalva-se que a viabilização da proposta apresentada exigirá a superação de algumas barreiras: temores que suscitam da exploração de áreas florestais conservadas; obtenção de apoio das lideranças políticas, sociais e econômicas locais; conflitos de interesses com alguns grupos ou agentes que almejam a manutenção do poder e do controle político. Além de atenuar os impactos negativos sobre os recursos naturais, gerados pela atual matriz produtiva, a implementação de alternativas, baseadas em vantagens diferenciadoras regionais, potencializam o desenvolvimento territorial sustentável.

Palavras-chave


Planalto Norte Catarinense. História do Contestado. Floresta Ombrófila Mista. Desenvolvimento Territorial.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X