MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS: Um estudo de caso em um departamento de desenvolvimento de novos produtos

Autores

  • 1Pérsio Vitor de Sena Abrahão
  • Edson Aparecida de Araújo Querido Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.54399/rbgdr.v12i5.2787

Palavras-chave:

Gestão. Desenvolvimento Regional. Projeto. Gerenciamento de Projeto. Modelo de Maturidade em Projetos.

Resumo

Atualmente os projetos estão presentes no dia a dia de praticamente todas as organizações e representam quase um terço do PIB mundial. Com isso, o gerenciamento de projetos tem ganhado cada vez mais atenção por parte das empresas, que buscam mecanismos que as auxilie a melhorar os í­ndices de sucesso de seus projetos. Muitas empresas têm optado por utilizar modelos de maturidade para definir suas estratégias e gerenciar as mudanças organizacionais necessárias. O modelo Prado-MMGP Setorial se apresenta como uma opção para avaliar departamentos isolados, tendo como diferencial a existência de uma base de dados, disponí­vel na internet, com informações, de diversos segmentos econômicos, obtidas a partir de pesquisas realizadas em empresas brasileiras. Essas informações permitem que uma empresa possa comparar os seus resultados com a média das empresas do mesmo segmento, sendo de grande relevância para o estabelecimento de metas suas de crescimento. Com o objetivo de verificar a aplicabilidade da análise de evidências documentais como instrumento complementar ao método PradoMMGP, para melhorar a acurácia na avaliação do ní­vel de maturidade em gerenciamento de projetos em departamentos de projeto de uma organização, optou-se pela realização de um estudo de caso em uma empresa do setor de defesa situada na Região Metropolitana do Vale do Paraí­ba (RMVALE). Neste estudo foi realizada a avaliação do ní­vel de maturidade em dois departamentos da empresa a partir de um instrumento de análise de evidências documentais, elaborado com base nos conceitos e critérios do modelo Prado-MMGP. Esse estudo demonstrou que o método Prado-MMGP tem uma forte dependência do ní­vel de conhecimento dos participantes em gerenciamento de projetos, das práticas do departamento, da gestão da organização e do modelo MMGP, sendo necessária uma seleção criteriosa dos participantes da pesquisa. Demonstrou também a aplicabilidade do instrumento de análise de evidências documentais como ferramenta complementar ao método Prado-MMGP, que permite avaliar o ní­vel de maturidade a partir de outra fonte de evidências, podendo assim ampliar a capacidade de análise e acurácia da avaliação. Porém, sua aplicação fica limitada às situações onde esta documentação esteja disponí­vel para esse fim.

Downloads

Publicado

04.03.2017

Como Citar

Abrahão, 1Pérsio V. de S., & Oliveira, E. A. de A. Q. (2017). MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS: Um estudo de caso em um departamento de desenvolvimento de novos produtos. Revista Brasileira De Gestão E Desenvolvimento Regional, 12(5). https://doi.org/10.54399/rbgdr.v12i5.2787

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 > >>