Em busca de uma abordagem integradora para analisar vantagem competitiva no setor hoteleiro

Antônio João Hocayen-da-Silva, Rivanda Meira Teixeira

Resumo


Esse ensaio pretende evidenciar a necessidade de integração do ambiente interno e externo de empresas do setor hoteleiro para obtenção de vantagens competitivas que sustentem o posicionamento estratégico em relação às mudanças e às pressões ambientais. Discute-se no presente artigo a Abordagem das Cinco Forças de Porter (1986), que estabelece estrutura da indústria como fator determinante da vantagem competitiva nas organizações; a Abordagem Baseada em Recursos de Barney (1991) que estabelece recursos internos como fonte de vantagem competitiva e a Abordagem Relacional de Dyer e Singh (1998) que defende obtenção de vantagem competitiva a partir dos relacionamentos interorganizacionais. Além desses enfoques teóricos, torna-se necessário que sejam incluídos na análise elementos subjacentes que determinam como gestores percebem e interpretam (atribuição de significados ao que foi percebido) aspectos organizacionais e ambientais e, conseqüentemente, adotam estratégias no sentido de conquistar vantagens competitivas que garantam a sobrevivência da organização.

Palavras-chave


Vantagem Competitiva. Forças Competitivas. Recursos. Relacionamentos. Abordagem Integradora.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X