Previsão de arrecadação de ICMS para o estado de Minas Gerais: uma comparação entre modelos Arima e Arfima

Autores

  • Filipe de Morais Cangussu Pessoa
  • Daniel Arruda Coronel
  • João Eustáquio de Lima

DOI:

https://doi.org/10.54399/rbgdr.v9i2.1020

Palavras-chave:

ICMS, Modelo ARIMA, Modelo ARFIMA

Resumo

O objetivo deste trabalho foi fazer uma previsão para a série de arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do Estado de Minas Gerais, no período de janeiro de 1998 a agosto de 2011. Como metodologia, utilizou-se os modelos ARIMA e ARFIMA. As análises demonstraram que os modelos mais adequados para modelar a série foram os modelos ARIMA (1, 0,1) e ARFIMA (1,0. 36,1). Na avaliação dos modelos, o modelo ARIMA mostrou-se superior ao modelo ARFIMA nos critérios de Raiz Quadrada do Erro Quadrado Médio de Previsão (RQEMP), Erro Absoluto Médio de Previsão (EAMP) e Coeficiente de Desigualdade de Theiler (CDT). Por outro lado, o modelo ARFIMA mostrou-se superior pelo critério de Erro Absoluto Médio Percentual de Previsão (EAMPP). De um modo geral, os modelos se ajustaram bem aos dados e se revelaram ferramentas úteis no auxílio à tomada de decisão por parte dos gestores públicos.

Biografia do Autor

Filipe de Morais Cangussu Pessoa

Daniel Arruda Coronel

João Eustáquio de Lima

Downloads

Como Citar

Pessoa, F. de M. C., Coronel, D. A., & Lima, J. E. de. (2013). Previsão de arrecadação de ICMS para o estado de Minas Gerais: uma comparação entre modelos Arima e Arfima. Revista Brasileira De Gestão E Desenvolvimento Regional, 9(2). https://doi.org/10.54399/rbgdr.v9i2.1020

Edição

Seção

Artigos